Avaliações dos clientes

Avaliado no Brasil em 8 de fevereiro de 2021
O professor de linguagem na Faculdade de Jornalismo, nos idos dos anos 60, chegou atrasado para a aula. Passou o ponto de descer na avenida Cásper Libero. Culpa, segundo o professor, d'O Homem que Sabia Javanês, de Lima Barreto. Fiquei tentando excluir uma única palavra de uma única sentença para nossa aula e não encontrava. Lima, concluiu ele se desculpando pelo atraso, tem um dos mais perfeitos textos de linguagem. Foi um perfeccionista da Língua e da narrativa. Reler Lima e O Homem que Sabia Javanês foi permitir-me prazer do que vale a pena em tempos bicudos e pandêmicos
2 pessoas acharam isso útil
Informar abuso Link permanente

Detalhes do produto

4,6 de 5 estrelas
4,6 de 5
1.811 classificações globais