Avaliações de clientes

Avaliado no Brasil em 24 de maio de 2020
Um bebê, uma criança, um adolescente, um adulto e um velho quebrado e irreparável.
Toda as inevitabilidades das consequências que Jude sofreu, tendo seu direito de escolha e sonhos retiradas por pessoas que desejava, ansiava confiar. Sofre uma mutação quando ele encontra em humanos, da sua mesma espécie, -da mesma espécie dos que o destruíram-, amigos e pessoas que o amavam.

Mas o que é o amor? o que é receber isso e além, como é emanar isso para a outra pessoa? (Jude perguntaria isso)

Axioma da Igualdade: Tudo que é, sempre será da mesma forma, imutável. "A pessoa que eu fui sempre será a pessoa que eu sou". Porém, na imprevisível vida, Jude(adulto) recebe o olhar, o sorriso, a conversa, a aprovação de todos a sua volta, confrontando a lógica do axioma da sua vida. A lógica que sempre esteve presente, repetindo e repetindo.

Talvez alguém quebrado não possa ser reparado. Porém, essa não é a solução, a solução pode ser; guardar os cacos quebrados e revisitá-los, e ver o quanto venceu seus pesares, observando assim, o quanto os humanos te machucaram e o quanto agora, te salvaram.

"Fechar-se
Seria o maior de todos os crimes
O maior de todos os crimes
Afinal de contas, você só está chorando
Para não mais querer os humanos à sua volta

Vença esse pesar." - Pneumonia, Björk.

Jude, você venceu seus pesares.
Imagem do cliente
5,0 de 5 estrelas Transformador e forte.
Por Luan Henrique em 24 de maio de 2020
Um bebê, uma criança, um adolescente, um adulto e um velho quebrado e irreparável.
Toda as inevitabilidades das consequências que Jude sofreu, tendo seu direito de escolha e sonhos retiradas por pessoas que desejava, ansiava confiar. Sofre uma mutação quando ele encontra em humanos, da sua mesma espécie, -da mesma espécie dos que o destruíram-, amigos e pessoas que o amavam.

Mas o que é o amor? o que é receber isso e além, como é emanar isso para a outra pessoa? (Jude perguntaria isso)

Axioma da Igualdade: Tudo que é, sempre será da mesma forma, imutável. "A pessoa que eu fui sempre será a pessoa que eu sou". Porém, na imprevisível vida, Jude(adulto) recebe o olhar, o sorriso, a conversa, a aprovação de todos a sua volta, confrontando a lógica do axioma da sua vida. A lógica que sempre esteve presente, repetindo e repetindo.

Talvez alguém quebrado não possa ser reparado. Porém, essa não é a solução, a solução pode ser; guardar os cacos quebrados e revisitá-los, e ver o quanto venceu seus pesares, observando assim, o quanto os humanos te machucaram e o quanto agora, te salvaram.

"Fechar-se
Seria o maior de todos os crimes
O maior de todos os crimes
Afinal de contas, você só está chorando
Para não mais querer os humanos à sua volta

Vença esse pesar." - Pneumonia, Björk.

Jude, você venceu seus pesares.
Imagens nesta avaliação
Imagem do cliente
Imagem do cliente
6 pessoas acharam isso útil
Informar abuso Link permanente

Detalhes do produto

4,7 de 5 estrelas
4,7 de 5
812 classificações globais