Avaliações de clientes

Avaliado no Brasil em 6 de março de 2018
Alguns dizem que Admirável Mundo Novo, do Aldous Huxley, e 1984, do George Orwell, são irmãos. Nós, do Yevgeny Zamyatin é pois o pai dessas duas obras. O livro do escritor russo de 1924 tem a mesma importância no gênero da Distopia que O Senhor dos Anéis teve na Fantasia ao influenciar uma gama de escritores que vieram após o J.R.R.Tolkien e que escreveram histórias em que há claramente resquícios das aventuras dos hobbits. Claro que a trama é sobre uma sociedade sem liberdade onde um poderoso Estado emprega que tudo está bom e perfeito, mas através da jornada do protagonista percebemos os problemas desse mundo decadente. Todavia, a obra do Zamyatin tem algumas particularidades, como a narrativa em primeira pessoa que permite uma maior imersão no processo de mudança de pensamento do personagem principal, ou também as comparações matemáticas que esse faz para explicar essa sua "doença", já que D-503 é um engenheiro. Porém, a sensação que tive é que as posteriores "cópias" fizeram uma abordagem muita mais completa das temáticas debatidas em Nós, que é por vezes confuso, devido as loucuras do seu "herói", como repetitivo em outros momentos. Um livro sem sombra de dúvidas indispensável, mas é a primeira vez em que os plágios ficaram melhores que o material original para mim.
65 pessoas acharam isso útil
Informar abuso Link permanente

Detalhes do produto

4,6 de 5 estrelas
4,6 de 5
1.270 classificações globais