Avaliações dos clientes

10 PRINCIPAIS AVALIADORES
Avaliado no Brasil em 15 de janeiro de 2019
Menos porém melhor é a definição mais adequada para essencialismo. Trata-se de uma obra que tenta abordar sobre os benefícios que uma vida mais "clean" nos proporciona. Ao longo da leitura, o autor nos oferece várias áreas das quais podemos nos tornar mais essencialista:

- deixar de ir em reuniões que não agregam;
- deixar de possuir coisas que não utilizamos;
- deixar de executar atividades na qual não somos MUITO bons;
- deixar de ter hábitos que não nos faça ser pessoas melhores...

Pra mim o principal recado que ele quis passar está na frase: "Se não priorizar sua vida, os outros farão isso por você".
Ele ainda conclui que "se tivermos convicção total e absoluta de fazer alguma coisa, devemos dizer sim. Qualquer coisa menos do que isso recebe uma resposta negativa"

Confesso que depois que terminei de ler, me senti inspirado pra fazer uma limpeza nas minhas coisas. Papéis, roupas, livros, etc, tudo o que eu não usava há algum tempo foi removido.

Em minha opinião, o ponto fraco do livro foi que o conteúdo carece de evidências científicas para comprovar a tese do autor. A maioria que são citadas podem ser encontradas na obra Rápido e Devagar, do Nobel Daniel Kahneman. Trata-se, portanto, de uma obra quase que 100% empírica
387 pessoas acharam isso útil
Informar abuso Link permanente

Detalhes do produto

4,8 de 5 estrelas
4,8 de 5
8.391 classificações globais