Avaliações de clientes

Avaliado no Brasil em 6 de março de 2021
Julius Evola e sua obra. Considero leitura formativa, juntamente com as obras de René Guénon e Coomaraswamy. A perspectiva de estudo adotada é a da doutrina dvaita, das duas naturezas ou dualidades, no que diz respeito à crítica que Evola faz das relações entre realeza e sacerdócio. Está presente também a doutrina dos ciclos, que se processa de modo degenerativo pelas eras ou yugas. A metodologia de exposição é comparativa, involutiva e anti-histórica. Incompreensível para profanos, escandalosa para especialistas de história e maldita para os filósofos. Revolta contra o mundo moderno, um livro para a elite, segundo a concepção guenoniana do termo.
5 pessoas acharam isso útil
Informar abuso Link permanente