Avaliações de clientes

500 PRINCIPAIS AVALIADORES
Avaliado no Brasil em 12 de dezembro de 2019
Finalizada a leitura de "O homem do castelo alto". Gostei, mas ficou aquém do que imaginava para a obra. A propaganda foi maior do que o que foi entregue pelo autor. Philip K. Dick, em suma, não me surpreendeu.

Basicamente a sensação que fica é a de que o livro não entrega totalmente o que promete, a história se passa nos Estados Unidos do Atlântico, os EUA dominado pelos japoneses, aliados dos nazistas alemães. Há muito mais aqui de um Japão subdesenvolvido e subserviente à Alemanha, do que do império hitlerista em si.

A trama se passa todo sob um aspecto geopolítico confuso, não fica totalmente claro aquilo Philip K. Dick propôs com seu roteiro transladado na trama do livro. Os personagens principais, 4 ao menos, são bem explorados e delineados, disso não se reclama; mas o contexto que os envolvem, poucas linhas se fazem perceber claramente para além do terreno comum.

O livro se propõe ser uma distopia, no entanto, não entrega exatamente isso. Se lermos "1984" , "Nós" , "O amor de olhos fechados", e lermos "O Homem do castelo alto", ficará a dúvida sobre se esse último é um livro de contos ou uma distopia ao padrão século XX.

Não estou dizendo que a obra é ruim, pelo contrário, ela prende sua atenção e oferece vários enredos nos quais se apegar. Apenas não é um livro que descreverá de fato como poderia ter sido se o Eixo tivesse vencido. A pretensão está na capa, e o fracasso no fim da obra (sem spoilers). A edição da Editora Aleph está sensacional, nada a reclamar da editoração em si, aqui se inclui: tradução, revisão e diagramação. A capa é o trunfo comercial do livro. Esse eu verdadeiramente comprei pela capa e pela proposta; e se a proposta me decepcionou, a capa não cometeu o mesmo pecado. Se me pedissem uma nota para a obra, eu daria um 7,0. E lembrando, ninguém precisa concordar comigo.

Tomara que outras obras de Dick me cativem mais.
Imagem do cliente
3,0 de 5 estrelas Philip K. Dick não entrega o que prometeu
Por Pedro Henrique Alves em 12 de dezembro de 2019
Finalizada a leitura de "O homem do castelo alto". Gostei, mas ficou aquém do que imaginava para a obra. A propaganda foi maior do que o que foi entregue pelo autor. Philip K. Dick, em suma, não me surpreendeu.

Basicamente a sensação que fica é a de que o livro não entrega totalmente o que promete, a história se passa nos Estados Unidos do Atlântico, os EUA dominado pelos japoneses, aliados dos nazistas alemães. Há muito mais aqui de um Japão subdesenvolvido e subserviente à Alemanha, do que do império hitlerista em si.

A trama se passa todo sob um aspecto geopolítico confuso, não fica totalmente claro aquilo Philip K. Dick propôs com seu roteiro transladado na trama do livro. Os personagens principais, 4 ao menos, são bem explorados e delineados, disso não se reclama; mas o contexto que os envolvem, poucas linhas se fazem perceber claramente para além do terreno comum.

O livro se propõe ser uma distopia, no entanto, não entrega exatamente isso. Se lermos "1984" , "Nós" , "O amor de olhos fechados", e lermos "O Homem do castelo alto", ficará a dúvida sobre se esse último é um livro de contos ou uma distopia ao padrão século XX.

Não estou dizendo que a obra é ruim, pelo contrário, ela prende sua atenção e oferece vários enredos nos quais se apegar. Apenas não é um livro que descreverá de fato como poderia ter sido se o Eixo tivesse vencido. A pretensão está na capa, e o fracasso no fim da obra (sem spoilers). A edição da Editora Aleph está sensacional, nada a reclamar da editoração em si, aqui se inclui: tradução, revisão e diagramação. A capa é o trunfo comercial do livro. Esse eu verdadeiramente comprei pela capa e pela proposta; e se a proposta me decepcionou, a capa não cometeu o mesmo pecado. Se me pedissem uma nota para a obra, eu daria um 7,0. E lembrando, ninguém precisa concordar comigo.

Tomara que outras obras de Dick me cativem mais.
Imagens nesta avaliação
Imagem do cliente Imagem do cliente Imagem do cliente
Imagem do clienteImagem do clienteImagem do cliente
224 pessoas acharam isso útil
Informar abuso Link permanente

Detalhes do produto

4,5 de 5 estrelas
4,5 de 5
2.132 classificações globais