Avaliações de clientes

Avaliado no Brasil em 5 de maio de 2021
O livro é bom, agradável, assim como o primeiro, mas, da mesma forma, esperava um pouco mais. Talvez a história engrene mais para frente com o decorrer das tramas seguintes, mas esse livro em questão achei um pouquinho mais fraco que o primeiro. Os contos ficaram um pouco ''amigáveis'' demais, muito leves e sem muita ação. Um outro ponto que podemos destacar é o foco principal da história, que a agente já sabe qual é (pra quem já viu a série de TV ou jogou os jogos), mas que ainda assim demora muito pra acontecer em meio a contos, em muitos casos, que transmitem a sensação de filler ou enrolação.
Por outro lado, os personagens são muito gostosos e carismáticos, como já conhecemos e são contados e lidam com situações das formas mais carismáticas e aprazíveis que só o Andrzej Sapkowski sabe contar. O Jaskier é uma doçura de personagem, que traz uma leveza cínica, aguçada e gostosa para a trama. A Yennefer respira a beleza da mulher perfeita e amor pelo nosso protagonista, de sua própria forma, também é um carisma só. E o que falar do Geralt de Rivia? Sempre retratado de forma bem contundente, linear e amigável, que a gente sente que somos amigos dele e já sabemos como ele vai lidar com qualquer tipo de situação. Parece um amigão para todas as horas, um dos melhores personagens já criados.

A trama é escrita de forma bastante simples, moderna, é um livro para todo tipo de público, não acho que exclui ninguém e a tradução da WMF Martins Fontes é impecável, sem qualquer erro gramatical. Sem falar da capa clássica linda e a boa qualidade do papel. As histórias são divididas da mesma forma que o primeiro livro, só que sem ''A voz da razão'', da qual senti falta. Alguns contos trabalham as relações mais do que confrontos e ação, o que não gostei muito, exceto da relação do Geralt com a Yennefer, que é sempre maravilhosa de se ler.
Assim como no primeiro livro, senti falta de mais ação, violência e sexo. Sem falar dos palavrões. Sua temática necessita disso e em muitos momentos a história fica muito "livre para todos os públicos" o que não é muito legal de se ver numa trama que contém temas sérios e adultos, mas nada muito grave. Os contos que mais gostei foram "um fragmento de gelo" que contém com uma boa participação da Yennefer e "Um peuqeno sacrifício" que trabalha bem com ação do fundo do mar. Estou ansioso para o próximo livro, espero não me decepcionar e ver a história engrenar de vez.
Informar abuso Link permanente

Detalhes do produto

4,9 de 5 estrelas
4,9 de 5
3.435 classificações globais
5 estrelas
91%
4 estrelas
7%
3 estrelas
2%
2 estrelas 0% (0%) 0%
1 estrela 0% (0%) 0%