Avaliações de clientes

Avaliado no Brasil em 27 de janeiro de 2021
Minha avaliação não diz respeito à tese se Nietzsche neste livro, mas à qualidade da edição em si. Há diversos erros de português ao longo de toda a obra, inclusive erros ortográficos crassos. Uma leitura mais apurada revela muitos erros de concordância e sintaxe, além de palavras "soltas" no meio da frase, como se o tradutor ou revisor tivesse mudado de ideia quanto a um determinado trecho e não tivesse apagado todas as palavras do texto anterior. A cor e textura do papel em si são boas mas, como é um texto relativamente pequeno, o tamanho das folhas torna incômodo o manuseio (há bordas demais, que são pouco aproveitadas, e tornam o livro grande sem necessidade). Sinto falta de mais notas de rodapé, que contextualizem a escrita. Nietzsche é bastante famoso pelo seu sarcasmo e por trocadilhos linguísticos que, em qualquer tradução para outra língua, se perdem e acabaram não sendo muito resgatadas nesta edição.
1 pessoa achou isso útil
Informar abuso Link permanente