Avaliações dos clientes

Avaliado no Brasil em 12 de julho de 2017
Evidentemente, é de conhecimento geral que a circunstância e o momento "Stalinista" ensejou a construção da obra. Para melhor entendimento, principalmente após a leitura da obra (recomendo), há diversos estudos do livro, demonstrando inferências e alusões a personagens reconhecidamente históricos que se apresentam no livro. Este conhecimento dependerá da vontade de cada leitor em aprofundar-se e estender-se ,ou não, naquilo que o autor quis demonstrar com a construção da estória.

De qualquer sorte, mesmo não se levando em conta toda a época e os motivos que determinaram a construção do livro, ele se insere em contextos e épocas diversos. Ou seja... Extremamente atual!

O fluxo da leitura se dá de forma natural sendo que todos os episódios e acontecimentos são minuciosamente lógicos em suas sequências. Isto torna a leitura bem dinâmica e agradável.

A Companhia das Letras, em 2007, editou o livro em papel pólen bold, de leitura extremamente confortável. Nele, contém:

1- Posfácio - Repensando a Revolução dos Bichos - Christopher Hitchens (2006);
2 - Apêndices: 2.1 - A Liberdade de Imprensa - Prefácio proposto por Orwell à primeira impressão inglesa em 1945;
2.2 - Prefácio do autor à edição ucraniana de 1947.

Sentindo-me um cavalo, despeço-me e desejo-lhe uma ótima leitura!
124 pessoas acharam isso útil
Informar abuso Link permanente

Detalhes do produto

4,9 de 5 estrelas
4,9 de 5
19.895 classificações globais
5 estrelas
91%
4 estrelas
7%
3 estrelas
1%
2 estrelas 0% (0%) 0%
1 estrela 0% (0%) 0%