Avaliações de clientes

Avaliado no Brasil em 3 de setembro de 2021
Ler Dr Alencar deixou um quentinho no meu coração que não esfriou até hoje, mas ler esse livro deixou algo que ainda não sei explicar. Nunca havia experimentado nada parecido com essa leitura. Odeio triângulo amoroso, mas foi desafiador viver essa experiência, porque o autor soube seguir por cada curva, reduzindo a marcha, e acelerando quando a estrada permitia. No início tive muita raiva de Raul e Samantha, a relação deles chegou a um nível de toxicidade que me incomodou, mas tinha William pra ser o contraponto dessa experiência que eu diria, no mínimo, ser muito louca, pois algo que tinha tudo pra dar errado, seguir um caminho, acabou passando da excentricidade a algo "normal". Samantha se tornar amiga dos dois foi tão inesperado e tão bom de ver, fiquei pensando: será que isso acontece na vida real? Arthur levou tudo de um jeito que poderia nos passar facilmente a imagem de um homem "frouxo", mas não, ele sempre foi muito centrado e desapegado dessa coisa machista, super desconstruído. E William, acho que ao final acabou sendo o que mais teve que evoluir na história, porque ser pegador macho era confortável, mas encarar algo que estava na cara dele e sair completamente de sua zona de conforto foi algo implosivo para ele. Ou seja, vale muito a pena ler mais uma pérola desse autor, cujas obras sempre tenho que terminar a leitura, concatenar as ideias e só depois colocar no papel minhas impressões. Parabéns e que venham mais obras que mexam com nossa comodidade.
5 pessoas acharam isso útil
Informar abuso Link permanente