Avaliações dos clientes

Avaliado no Brasil em 30 de dezembro de 2016
Seria impossível escrever a história de 1 país em 200 páginas, agora escrever a história humana nesta quantidade beira a insanidade!
Apesar da superficialidade, a autora consegue se manter coesa na sequência histórica e em sua narrativa.
Para quem deseja ter uma visão brevíssima de nossa história, esse pode ser um começo.
De maneira geral, a leitura é recomendável. Porém, para aqueles que desejam um entendimento aprofundado, fica a reflexão de que cada tópico apresentado pela autora, renderia por si só outras 200 páginas cada.
2 pessoas acharam isso útil
Informar abuso Link permanente

Detalhes do produto

4,2 de 5 estrelas
4,2 de 5
751 classificações globais